...::: CANOA FM - A ONDA DO SUCESSO :::......::: CANOA FM - A ONDA DO SUCESSO :::......::: CANOA FM - A ONDA DO SUCESSO :::......::: CANOA FM - A ONDA DO SUCESSO :::......::: CANOA FM - A ONDA DO SUCESSO :::......::: CANOA FM - A ONDA DO SUCESSO :::......::: CANOA FM - A ONDA DO SUCESSO :::......::: CANOA FM - A ONDA DO SUCESSO :::......::: CANOA FM - A ONDA DO SUCESSO :::......::: CANOA FM - A ONDA DO SUCESSO :::...

CANOA AGORA - ESPORTE

PDFImprimirE-mail

Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

SÉRIE B

É agarrar a chance

Embalado por três vitórias seguidas e colado com o G-4, Ceará visita o desesperado Guaratinguetá

Se dependesse do retrospecto recente na Série B, o confronto de hoje com o Guaratinguetá, às 16 horas (horário cearense), mesmo que fora de casa, teria tudo para ser vencido sem maiores problemas pelo Ceará. Afinal, o Vovô vem embalado por três vitórias seguidas que possibilitaram ao time colar no G-4 com o mesmo número de pontos no 3º colocado (56), enquanto o time do interior paulista, perto do Z-4, não vence há quatro jogos.

O goleiro Jailson será titular com o desfalque de Fernando Henrique FOTO: BRUNO GOMES

Mas a concentração máxima e o foco no acesso à Série A, restando apenas três rodadas, impede que o Ceará entre em campo relaxado e em clima de já ganhou, como resume bem o atacante Mota, um dos líderes do grupo. "Sabemos da responsabilidade que cada um tem aqui, da importância para o clube do acesso, pelo centenário no ano que vem. Esperamos que todos estejam focados, 110%, precisamos da vitórias, não tem nada ganho ainda e nosso objetivo ainda não está conquistado. Chegamos perto do G-4, mas para entrar lá precisamos trabalhar mais ainda. A equipe está preparada".

O lateral-esquerdo Vicente reforçou o pensamento do companheiro. "Estamos tratando cada jogo como o último do ano, como o decisivo. Sabemos que qualquer tropeço pode dificultar nossa caminhada. A sequência de jogos é dura: terça, sexta e sábado, e agora na reta final temos que dar tudo e nos concentrarmos no objetivo do G-4".
Ao alcance
Na quinta colocação, com 56 pontos, o Ceará tem a mesma pontuação de Sport e Icasa, 3º e 4º colocados, respectivamente, e a quarta vitória consecutiva pode deixar o time no G-4 ao fim da rodada. Caso vença hoje e um dos dois rivais diretos tropece, o Alvinegro estará lá.

Para a partida de hoje, o técnico Sérgio Soares não contará com o goleiro Fernando Henrique, expulso contra o Avaí, e o volante Ricardinho, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Jaílson herda a vaga no gol e Diogo Orlando no meio campo.

O "novo" camisa 1, aliás, se sentirá em "casa" no campo do adversário. Isso porque ele jogou no Guaratinguetá por seis anos antes de acertar com o Vovô no meio do ano. Pelo Alvinegro, Jaílson jogou apenas uma partida nesta Série B, ante o Figueirense, com boa atuação.

Para sua reserva, Diónantan seria o escolhido, mas uma lesão no joelho fez o 4º goleiro do Vovô, o jovem Gustavo, de 19 anos e das categorias de base do clube, viajar para a suplência.

Outro desfalque certo é o zagueiro Ricardo Silva, que ficou em Fortaleza tratando uma virose. O problema de saúde já o tinha tirado do jogo com o Avaí, na última terça. Assim, Diego Ivo será mantido como titular.

Já no Guaratinguetá, se o sinal de alerta já estava ligado antes, o desespero passou a bater na porta com a derrota para o então lanterna ASA, por 2 a 1, fora de casa. São quatro jogos sem vitória e a incômoda 15ª colocação com 41 pontos, a apenas dois do temido Z-4.

CBF marca Ceará x Joinville para o Castelão

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), desmembrou as últimas rodadas da Série B, e confirmou, na tarde desta quinta-feira, a partida da 38ª rodada, entre Ceará e Joinville, para o Castelão, no dia 30 de novembro. O jogo está marcado para 15h20, no horário cearense.


Havia a expectativa da marcação da partida para outro local, devido à perda de um mando de campo imposta ao Alvinegro em julgamento no STJD no último dia 12, pelos incidentes envolvendo sua torcida e a do América/RN, em jogo pela Série B, em Goianinha (RN).

Mesmo assim, o Ceará ainda aguarda a confirmação do pedido de efeito suspensivo no STJD para a garantir a realização da partida no Castelão.